Posts

Pesquisa mostra como o exercício físico protege o coração

A prática regular de atividade física tem se firmado como uma importante forma de tratamento para a insuficiência cardíaca – doença caracterizada pela incapacidade do coração de bombear sangue adequadamente.

Os benefícios vão desde prevenir a caquexia – perda severa de peso e massa muscular – até o controle da pressão arterial, a melhora da função cardíaca e o retardo do processo degenerativo que causa a morte progressiva das células do coração e leva à morte 70% dos afetados pela doença nos primeiros cinco anos.

Leia mais

Praticar atividade física aumenta a imunidade e evita doenças

Com o avanço do novo coronavírus (COVID-19) no país, a preocupação com a saúde aumenta. Além desta pandemia, estamos entrando no Outono, estação que eleva os casos de gripes, resfriados e problemas respiratórios devido ao tempo seco. Diante deste cenário, é preciso adotar alguns hábitos que são essenciais para fortalecer o sistema imunológico, minimizando o risco de diversas doenças, viroses ou infecções.

A atividade física está associada ao mecanismo de defesa que reforça o sistema imunológico. Ao praticar os exercícios, é possível aumentar as células natural killers ou linfócitos, cuja função é destruir células tumorais ou infectadas por vírus. As pessoas que seguem uma rotina regular com estes hábitos tendem a se recuperarem mais rápido em alguns quadros de enfermidade.

A alimentação saudável também é importante e aliada a atividades físicas. Seguir uma dieta rica em vitaminas e minerais é fundamental para fortalecer o sistema imunológico, além de evitar bebidas alcoólicas, cigarros, entre outros fatores que prejudicam a saúde. A ingestão de água não pode ser esquecida. Beba, pelo menos, 2 litros de água por dia, pois a água mantém o organismo com as defesas celulares de forma ativa.

Ao chegar na academia, é importante higienizar os aparelhos e as mãos, principalmente para evitar o contágio de vírus, como a COVID-19. E, o mais importante. Não deixe de praticar atividades físicas. A imunidade precisa ser fortalecida para evitar e reduzir os riscos de doenças, além de garantir uma vida saudável.

Mesmo que a academia que você frequenta fique fechada durante o período de quarentena, converse com o seu personal para que ele te passe por whatsapp aulas e séries de exercícios que possam ser feitos em casa ou ao ar livre, sendo que neste caso, deve-se respeitar o distanciamento social recomendado pela OMS. Bora mexer o corpo e manter a imunidade em alta.

 

5 vantagens de correr na esteira

Correr na esteira da academia ou em casa é uma forma fácil e eficaz de fazer exercício físico porque requer pouca preparação física e mantém os benefícios da corrida, como aumento da resistência física, queima de gordura e desenvolvimento de vários grupos musculares, como pernas, costas, abdominais e glúteos.

Leia mais

Por que praticar corrida é tão importante? Veja os benefícios do exercício

A corrida pode ser praticada por qualquer pessoa, até mesmo por crianças e idosos, desde que acompanhados de um profissional. Além disso até mesmo iniciantes são bem vindos nessa atividade física que requer apenas que você tenha disciplina e respeite os seus limites. Cumprindo essas simples coisas é possível ter muitos benefícios praticando corrida, principalmente emagrecer e ter uma vida mais saudável.

Leia mais

5 vantagens de correr na esteira

Correr na esteira da academia ou em casa é uma forma fácil e eficaz de fazer exercício físico porque requer pouca preparação física e mantém os benefícios da corrida, como aumento da resistência física, queima de gordura e desenvolvimento de vários grupos musculares, como pernas, costas, abdominais e glúteos.

Leia mais

Benefícios do Pilates para a terceira idade

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde) em seu documento “Envelhecimento ativo: Uma política de saúde”, uma atividade física regular e moderada reduz o risco de morte por problemas cardíacos em 20 a 25% em pessoas com doença do coração diagnosticada, além de reduzir substancialmente a gravidade de deficiências associadas à cardiopatia e outras doenças crônicas. Assim, o Método Pilates estaria enquadrado neste contexto para prevenção primária, secundária e terciária da saúde.

Leia mais